Brasil e México fecham acordo automotivo

20-03-2012 15:13

 

Regime especial entre os dois países vigora desde 2002

 

Brasil e México fecharam, na última quinta-feira, um acordo sobre as negociações para importação de automóveis em regime especial que vigora entre os dois países há 10 anos. Na ocasião ficou acertado um regime temporário de três anos para o nível de exportações de veículos leves de tarifas alfandegárias.

O montante de exportações para o primeiro ano será US$ 1,45 bilhão, enquanto para o segundo será de US$ 1,56 bilhão e, no terceiro, será de US$ 1,64 bilhão, segundo informações do Ministério da Economia do México. O acordo foi fechado pelos ministros das Relações Exteriores do Brasil, Antonio Patriota, e do México, Patrícia Espinosa, na Cidade do México.

Depois desse prazo, voltarão a vigorar as disposições do Acordo de Complementação Econômica 55, ou seja, o livre comércio de veículos leves entre os dois países. Com respeito ao conteúdo regional de veículos leves, foi definido um percentual de 30% a 35% ao longo do primeiro ano e, a partir do quinto ano, aplicar um nível de 40%.

Os dois países acertaram ainda que, durante o primeiro semestre deste ano, serão feitas missões empresariais de ambos os países com o objetivo de fortalecer o comércio bilateral do setor.

 

Menu