Conheça o WTM Finance! Solicite Fechamento de Câmbio de sua Empresa via WhatsApp

Dólar cai em linha com exterior, após forte alta; valor do auxílio está no radar

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email

O dólar recua em linha com o exterior nesta terça-feira. Os investidores diminuem posições compradas na moeda americana, após a forte alta de ontem, estimulados pelo dólar fraco no exterior em reação à forte expansão da atividade industrial chinesa em agosto. A forte contração do PIB do Brasil no segundo trimestre na margem e ante o mesmo período de 2019 era esperada e fica em segundo plano no câmbio, de acordo com um operador.

No radar está o anúncio do valor do auxílio emergencial. O presidente Jair Bolsonaro ofereceu um café da manhã a líderes do Congresso para acertar os últimos ajustes da prorrogação do auxílio emergencial pago trabalhadores informais até o fim do ano. Ao final do encontro, que ocorre no Palácio da Alvorada, há expectativa de que Bolsonaro faça o anúncio das quatro novas parcelas do benefício, que devem ser fixadas em R$ 300 no texto que será enviado ao Parlamento, conforme apurou o Broadcast/Estadão.

A iniciativa de conversar com os congressistas antes de finalizar a proposta é mais um gesto de aproximação do presidente com o Legislativo.O ministro da Economia, Paulo Guedes, também será monitorado daqui a pouco, em reunião da comissão mista do Congresso para falar das ações do governo para lidar com a pandemia de coronavírus.

Mais cedo, o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro registrou queda de 9,7% no segundo trimestre de 2020 ante o primeiro trimestre de 2020 e ficou dentro do intervalo das estimativas dos analistas consultados pelo AE Projeções, que esperavam uma queda entre 11,9% e 8,0%, com mediana negativa de 9,10%. Na comparação com o segundo trimestre de 2019, o PIB apresentou queda de 11,4% no segundo trimestre de 2020, vindo também dentro das estimativas (15,10% a 8,70%) e pior que a mediana negativa de 10,50%. O PIB do segundo trimestre de 2020 totalizou R$ 1,7 trilhão.

Às 9h34, o dólar à vista caía 0,67%, a R$ 5,4443. O dólar futuro para outubro recuava 0,90% a R$ 5,4490.

Mais cedo, o Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) subiu 0,53% em agosto, levemente acima da mediana apurada nas estimativas na pesquisa do Projeções Broadcast, que indicava 0,50%, mas dentro do intervalo das expectativas, de 0,47% a 0,58%.

Fonte: Read More

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email

Fale com um Consultor

Quer ter acesso a materiais gratuitos?

Cadastre-se em nossa Newsletter:

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Informe os dados abaixo para receber um diagnóstico sem compromisso direto em seu WhatsApp!

Ligamos pra você!

Informe seus dados de contato para receber a ligação de um dos nossos consultores nos próximos minutos.

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.