Conheça o WTM Finance! Solicite Fechamento de Câmbio de sua Empresa via WhatsApp

Dólar deve ter sexta queda semanal; especialistas vêem recuperação limitada

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email

Por Yasin Ebrahim

Invesitng.com – O dólar permaneceu no caminho certo para registrar sua sexta queda semanal consecutiva depois de cair na quinta-feira (30), com dados econômicos aumentando as preocupações com uma desaceleração da economia e levando alguns especialistas a advertir que os bons tempos para o dólar serão limitados.

O Índice Dólar, que mede a força da divisa norte-americana em relação a uma cesta das seis principais moedas, caía 0,49%, para 93.

A economia dos EUA sofreu sua maior queda já registrada no segundo trimestre e os sinais de que o mercado de trabalho continua gaguejando diminuíram a perspectiva de uma rápida recuperação. Provavelmente, isso impedirá as chances de uma recuperação para o dólar.

“A reputação do dólar sofreu tanto nas últimas semanas que seu potencial de valorização é limitado”, afirmou o Commerzbank (DE:CBKG) em nota.

O PIB dos EUA diminuiu a uma taxa anualizada de 32,9% no segundo trimestre de 2020, melhor do que o declínio esperado de 34,5%, mas ainda o maior declínio já registrado.

Ao mesmo tempo, o Departamento do Trabalho disse que o número de norte-americanos que fizeram pedidos iniciais de benefícios de seguro-desemprego aumentou pela segunda semana consecutiva, embora em apenas 12.000, para 1,434 milhão. Os pedidos contínuos, relatados com um atraso de uma semana, também aumentaram.

O presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, destacou os sinais de rachaduras no ritmo da recuperação durante uma conferência de imprensa na quarta-feira.

“Parece que os dados estão apontando para uma desaceleração no ritmo da recuperação”, disse Powell.

Mas o impacto do vírus na economia não é o único fator que mantém o dólar baixo. A deterioração em curso nas relações EUA-China também desperta preocupação.

“Não é de maneira alguma nossa suposição que o dólar americano perderá seu status de moeda de reserva mundial tão cedo; mas a crise do coronavírus e o conflito EUA-China semearam dúvidas suficientes para justificar um aumento do prêmio de risco para o dólar”

Fonte: Read More

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email

Fale com um Consultor

Quer ter acesso a materiais gratuitos?

Cadastre-se em nossa Newsletter:

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Informe os dados abaixo para receber um diagnóstico sem compromisso direto em seu WhatsApp!

Ligamos pra você!

Informe seus dados de contato para receber a ligação de um dos nossos consultores nos próximos minutos.

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.