Conheça o WTM Finance! Solicite Fechamento de Câmbio de sua Empresa via WhatsApp

Dólar fica quase estável ante moedas rivais, em pregão com pouca liquidez

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email

O dólar oscilou durante o pregão e fechou com leve alta em relação a outras moedas fortes, em um dia de pouca liquidez no mercado devido a um feriado nos EUA. O euro, por outro lado, se desvalorizou em meio ao aumento da segunda onda de coronavírus na Europa. No Reino Unido, o anúncio de que um novo lockdown generalizado não seria aplicado fez com que a libra se valorizasse.

Os movimentos contrários fizeram com que o DXY, que mede o dólar frente a outras seis divisas de economias desenvolvidas, operasse grande parte do dia perto da estabilidade, fechando com leve alta de 0,009%, a 93,065 pontos. O iene também se valorizou frente ao dólar, e a moeda americana era cotada 105,34 ienes no fim da tarde em Nova York. O dia não contou com o mercado de Treasuries nos Estados Unidos, fechado em razão do feriado de Colombo.

“As preocupações com o coronavírus levaram o euro para fora de seu nível mais alto em quase três semanas em relação ao dólar”, avaliou a Western Union. A moeda comum era cotada a US$ 1,1814 no final da tarde. Hoje, em coletiva de imprensa da Organização Mundial da Saúde (OMS), o número de casos no continente foi mencionado como uma preocupação.

A “flutuabilidade” da libra reflete as esperanças de que as negociações do Brexit no final desta semana possam progredir em direção a um acordo comercial, aponta a Western Union, em semana que conta com passos decisivos vindos da reunião do Conselho Europeu. Hoje, o primeiro-ministro Boris Johnson foi ao Parlamento e indicou que apesar de novas restrições, um lockdown total no país estava descartado, o que levou à valorização da moeda britânica. No mesmo horário, a libra era cotada a US$ 1,3069.

Nos mercados emergentes, o rublo se desvalorizou hoje frente ao dólar. No final da tarde em Nova Yor, o dólar subia a 77,148. O Danske Bank apontou em relatório que “rendimentos russos subiram cerca de 100 pontos-base para refletir o risco implícito de novas sanções da UE ou dos EUA por conta” do envenenamento do líder opositor Alexei Navalny, o que foi anunciado nesta segunda-feira.

O banco também apontou para a “guerra por procuração” com a Turquia na Armênia/Azerbaijão. Na última semana, as esperanças de um cessar-fogo em Nagorno-Karabach dominaram a questão, mas a pausa nos conflitos foi rapidamente violada. As tensões continuam altas, e a lira, que vem acumulando grandes perdas desde o começo do confronto, as ampliou nesta segunda-feira. No final da tarde, o dólar avançava a 7,8861 liras.
Fonte: br.investing.com

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email

Fale com um Consultor

Quer ter acesso a materiais gratuitos?

Cadastre-se em nossa Newsletter:

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Informe os dados abaixo para receber um diagnóstico sem compromisso direto em seu WhatsApp!

Ligamos pra você!

Informe seus dados de contato para receber a ligação de um dos nossos consultores nos próximos minutos.

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.