Conheça o WTM Finance! Solicite Fechamento de Câmbio de sua Empresa via WhatsApp

Dólar recua ante divisas principais, com dados, Fed e covid-19 no radar

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email

O dólar caiu ante outras moedas principais nesta quinta-feira, 3, sem muito impulso após ganhos recentes. Em dia de fortes perdas nos mercados acionários de Nova York, investidores monitoraram indicadores, declarações de dirigentes do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) e a pandemia da covid-19 e seus riscos para a atividade.

No fim da tarde em Nova York, o dólar caía a 106,15 ienes, o euro avançava a US$ 1,1855 e a libra tinha baixa a US$ 1,3275. O índice DXY, que mede a divisa americana em relação a uma cesta de outras moedas fortes, caiu 0,12%, a 92,739 pontos.

O DXY vinha de duas sessões de ganhos e oscilou entre ganhos e perdas boa parte do dia de hoje. Hoje, a Western Union afirmou que a moeda americana era pressionada pela queda nos juros reais, após o ajuste na política monetária do Fed. Segundo a BK Asset Management, a correção nas ações em Nova York amparou cautela no mercado cambial, com o dólar em queda frente ao iene e o franco suíço, por exemplo. Na agenda de indicadores, houve dados mistos nos EUA hoje e a Capital Economics apontou que o fim do auxílio extra a desempregados já pesa na demanda.

Entre os dirigentes do BC, Charles Evans, presidente da distrital de Chicago, ressaltou hoje a importância de mais estímulos fiscais, no quadro ainda delicado para a economia dos EUA, e comentou que pode ser necessário impor novas restrições para conter a covid-19, em alguns casos. Em Washington, continua o impasse pela aprovação de mais um pacote fiscal, com troca de acusações entre governo e oposição. O presidente do Fed de Atlanta, Raphael Bostic, enfatizou que a recuperação segue desigual nos EUA, entre setores e regiões.

Já o euro terminou em alta, mas caiu em parte do dia, após dados fracos do varejo da zona do euro e depois de o Financial Times publicar que o Banco Central Europeu (BCE) mostraria preocupação com a força da divisa comum.

Ante moedas emergentes, o dólar avançou em relação à lira turca, que atingiu mínima histórica hoje após dados de inflação na Turquia, que segue em nível elevado. No fim da tarde, o dólar avançava a 7,4386 liras, de 7,3829 liras no fim da tarde de ontem.

Fonte: br.investing.com

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email

Fale com um Consultor

Quer ter acesso a materiais gratuitos?

Cadastre-se em nossa Newsletter:

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Informe os dados abaixo para receber um diagnóstico sem compromisso direto em seu WhatsApp!

Ligamos pra você!

Informe seus dados de contato para receber a ligação de um dos nossos consultores nos próximos minutos.

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.