Conheça o WTM Finance! Solicite Fechamento de Câmbio de sua Empresa via WhatsApp

Dólar recua e segue abaixo de R$5 com esperanças de recuperação global

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email

Por Luana Maria Benedito

SÃO PAULO (Reuters) – O dólar operava em queda contra o real nesta segunda-feira, permanecendo abaixo de 5 reais e dando sequência às perdas das últimas semanas em meio a otimismo sobre uma recuperação econômica no exterior, embora as incertezas políticas domésticas continuem no radar dos investidores.

Às 10:10, o dólar recuava 0,69%, a 4,9534 reais na venda. Na B3, o dólar futuro tinha perda de 0,11%, a 4,967 reais.

A sessão era marcada pela continuidade do otimismo em relação a uma recuperação econômica global, impulsionado por dados positivos sobre o emprego nos Estados Unidos da semana passada. Enquanto isso, a reabertura de grandes economias continuava sendo um ponto positivo no cenário atual, como citou Filipe Villegas, estrategista da Genial Investimentos, em live nesta segunda-feira.

Além disso, os investidores estavam em modo de espera antes da decisão de política monetária do Federal Reserve, que será divulgada na quarta-feira. “Essa semana tem reunião do Fomc e a gente vai saber se ele continua na sua mesma modelagem de atuação e incentivos ou se o arsenal do Fed está acabando”, disse Villegas.

No exterior, ativos arriscados — como os futuros de Wall Street e divisas de países emergentes ou ligadas a commodities — operavam em alta, dando continuidade à recuperação observada nas últimas semanas.

Apesar do otimismo, os desdobramentos políticos em Brasília seguem no foco dos mercados, que continuam apontando a incerteza local como possível fator de pressão para o real. Em nota, analistas da Infinity Asset disseram que, “politicamente, entre votações do TSE e ações de fake news no STF, o governo se sustenta na aproximação com o Centrão e (o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo) Maia, o qual desqualificou a possibilidade de novo impeachment. Ainda assim, o clima político continua tenso e a imagem do Brasil no exterior piorada”.

Números divergentes de casos e de mortes relacionado à Covid-19 no Brasil divulgados pelo Ministério da Saúde agravavam os temores sobre a imagem do país, aumentando as incertezas sobre os dados depois que o governo parou de informar o total de infecções confirmadas e de óbitos e passou a divulgar dados parciais tarde da noite.

Mesmo com as incertezas e riscos negativos, o dólar já perdeu cerca de 15% de seu valor contra o real desde que tocou máximas históricas em meados de março. Para os mercados, ainda é difícil dizer se a moeda brasileira deve engatar uma recuperação duradoura ou se pode voltar a se aproximar do patamar de 6 por dólar.

Na última sessão, na sexta-feira, o dólar spot fechou em queda de 2,80%, a 4,9877 reais na venda.

O Banco Central ofertará até 12 mil contratos de swap tradicional para rolagem nesta segunda-feira, com vencimentos divididos entre setembro de 2020 e fevereiro de 2021.

Fonte: Read More

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email

Fale com um Consultor

Quer ter acesso a materiais gratuitos?

Cadastre-se em nossa Newsletter:

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Informe os dados abaixo para receber um diagnóstico sem compromisso direto em seu WhatsApp!

Ligamos pra você!

Informe seus dados de contato para receber a ligação de um dos nossos consultores nos próximos minutos.

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.