Conheça o WTM Finance! Solicite Fechamento de Câmbio de sua Empresa via WhatsApp

Dólar sobe até R$ 5,6338 com dúvidas se Câmara vai derrubar veto a reajustes

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email

O dólar segue em firme valorização nesta quinta-feira, 20, e o mercado de câmbio não descarta nova intervenção do Banco Central. A cautela é reforçada pela dúvida se a Câmara irá derrubar decisão do Senado sobre reajuste a servidores públicos. O Senado derrubou o veto do presidente Jair Bolsonaro à medida que permite reajuste salarial para algumas categorias do funcionalismo público até o final de 2021. O desconforto é geral e apoia também a ampliação de “prêmios” embutidos nos juros futuros e a queda de cerca de 1,30% do Ibovespa futuro.

Em Nova York, o principal fundo de índice (ETF) do Brasil, o iShares MSCI Brazil (EWZ), recua no pré-mercado desta quinta-feira, refletindo o maior pessimismo do Federal Reserve (Fed) quanto à perspectiva de recuperação da economia americana após o choque do novo coronavírus. A tendência também se reflete nos futuros de Nova York, nas bolsas europeias e na Ásia, onde os mercados fecharam em baixa generalizada, após a China falhar em adotar estímulos monetários adicionais. Às 8h45, o EWZ registrava baixa de 2,18%.

Mais cedo, a ata da última reunião de política monetária do Banco Central Europeu indicou que a incerteza sobre perspectiva econômica permanece elevada e mais dados são necessários para avaliar trajetória futura da economia.

O revés do governo no Senado acontece em um momento crítico, de decisão sobre o encaminhamento do orçamento de 2021, e mostra que os interesses político-eleitorais do Centrão, aliado de ultima hora do presidente Jair Bolsonaro, se sobrepõem à defesa do ajuste fiscal pela área econômica.

Às 9h28, o dólar à vista subia 1,45%, a R$ 5,6098, após tocar em máxima a R$ 5,6338. O dólar futuro de setembro ganhava 0,95%, a R$ 5,6145, ante máxima a R$ 5,6355.

Fonte: Read More

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email

Fale com um Consultor

Quer ter acesso a materiais gratuitos?

Cadastre-se em nossa Newsletter:

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Informe os dados abaixo para receber um diagnóstico sem compromisso direto em seu WhatsApp!

Ligamos pra você!

Informe seus dados de contato para receber a ligação de um dos nossos consultores nos próximos minutos.

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.