Conheça o WTM Finance! Solicite Fechamento de Câmbio de sua Empresa via WhatsApp

Dólar sobe e fecha a R$ 5,60; maior nível desde o dia 20 de maio

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email

A pressão externa em um ambiente já estressado por causa das preocupações com o descontrole fiscal que permanecem no radar manteve o dólar em trajetória ascendente frente ao real durante toda a sexta-feira, 21, e levou a divisa americana a acumular alta de 3,31% na semana, 7,47% em agosto ao encerrar o dia avançando 0,98%, a R$ 5,6066 – o maior nível desde o dia 20 de maio passado (R$ 5,6890).

Bruno Musa, sócio da Acqua Investimentos, ressalta que, mesmo que a Câmara dos Deputados tenha mantido o veto do presidente Jair Bolsonaro segurando o reajuste do salário do funcionalismo na noite de quinta-feira, o entendimento foi o de que a base do governo não está tão sólida assim para, inclusive, passar aprovações importantes da agenda do ministro da Economia, Paulo Guedes.

“A percepção é de uma base mais fraca tanto no Senado quanto na Câmara, pois nessa última só se conseguiu segurar o veto após uma articulação com promessas de verba orçamentária ainda para este ano”, diz, lembrando que permanece o risco político, uma vez que se enxerga uma fragilidade da base maior do que se espera.

Do exterior, veio a força da divisa americana sobre as moedas de economias desenvolvidas e boa parte de países emergentes, pares do real, após indicadores de atividade mostrarem que a dos Estados Unidos está superando a Europa, notou Edward Moya, analista de mercado financeiro da Oanda em Nova York. “Uma expansão mais forte do que o esperado na produção do setor privado dos EUA em agosto foi uma surpresa agradável para ativos de risco. O rendimento do Tesouro dos EUA em 10 anos reduziu as perdas para negociação quase estável na sessão em 0,649%. O dólar norte-americano estendeu os ganhos”, avaliou.

O Dollar Index (DXY), que mede a variação do dólar ante uma cesta de moedas fortes, operou em alta desde a manhã, refletindo justamente o cenário de desvalorização do euro e da libra esterlina. Às 17h05, o índice mostrava ganho de 0,46%, a 93.221 pontos, na contramão do comportamento visto na maior parte da semana.

Musa complementa que a discussão ainda existente entre democratas e republicanos sobre o valor do pacote trilionário nos Estados Unidos acende a uma luz também sobre as contas públicas americanas. “Lá, assim como aqui e guardadas as proporções, também há uma preocupação com o fiscal e isso permeia o movimento da moeda.”

No entanto, para Moya, qualquer que seja o impulso que o dólar tenha, deve ter vida curta. “Os preços do ouro estão lutando contra o forte movimento do dólar de hoje, conforme os investidores começam a recuar antes do discurso do presidente do Fed, Jerome Powell, no Simpósio anual de Jackson Hole. A opção de venda do Fed será confirmada e detalhes sobre sua nova estratégia de inflação deverão ser revelados”, afirmou em relatório.

No Brasil, pouco antes das 13 horas, com a cotação do dólar persistindo acima dos R$ 5,61, tendo chegado mais cedo a R$ 5,6329, na máxima do dia, o Banco Central entrou vendendo US$ 650,0 milhões em leilão à vista. A taxa de venda da moeda americana foi de R$ 5,5930. O BC informou que foram aceitas dez propostas.

No meio da tarde, já com o ritmo de alta do dólar mais comedido, foi vista como positiva a declaração do secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Bruno Bianco, de que a nova prorrogação por dois meses do Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda (BEM) não exigirá acréscimos no orçamento original da medida. Para Musa, o mercado está atento aos valores gastos nos programas de benefícios dentro do contexto da pandemia, em especial o auxílio emergencial. “Se o valor sair dentro do que o Guedes estimou, o mercado entende bem.”

Fonte: Read More

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email

Fale com um Consultor

Quer ter acesso a materiais gratuitos?

Cadastre-se em nossa Newsletter:

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Informe os dados abaixo para receber um diagnóstico sem compromisso direto em seu WhatsApp!

Ligamos pra você!

Informe seus dados de contato para receber a ligação de um dos nossos consultores nos próximos minutos.

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.