Conheça o WTM Finance! Solicite Fechamento de Câmbio de sua Empresa via WhatsApp

Dólar voltar a cair ante rivais, com impasse por pacote fiscal nos EUA

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email

Em um pregão volátil, o dólar voltou a se enfraquecer em relação a outras moedas fortes, com o foco do mercado nos impasses entre democratas e republicanos sobre o próximo pacote fiscal dos Estados Unidos.

Próximo ao horário do fechamento das bolsas de Nova York, o dólar recuava a 105,66 ienes, enquanto o euro subia a US$ 1,1803 e a libra esterlina registrava leve baixa a US$ 1,3073, quase estável. O índice DXY, que mede a variação da moeda dos EUA ante uma cesta de seis rivais fortes, caiu 0,17%, a 93,382 pontos.

“Qualquer tração positiva para o dólar é considerada limitada, com Washington tendo dificuldades para chegar a um acordo sobre outro pacote de ajuda e com o coronavírus segurando firmemente a economia”, afirma o analista de mercado Joe Manimbo, do Western Union.

Após mais um dia de negociações bipartidárias em Washington, o secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, disse que o governo americano está preparado para implementar medidas de estímulo fiscal por meio de decreto, possibilidade que já havia sido mencionada ontem pelo presidente Donald Trump.

Segundo Mnuchin, as tratativas com o Partido Democrata estão no mesmo nível que estavam há uma semana. Os republicanos propuseram reduzir o benefício de auxílio-desemprego para US$ 200 por semana, mas os democratas querem manter o valor em US$ 600 por semana.

“Nada fundamental mudou e, por isso, vimos esse recente salto do dólar com ceticismo. Com a reversão de hoje, isso confirma nossa aposta em mais perdas para o dólar”, escreveram analistas do Brown Brothers Harriman (BBH) sobre a tentativa de correção de perdas da moeda dos EUA, que recuou mais de 4% em julho.

A libra, por sua vez, se manteve perto da estabilidade, antes da decisão de política monetária do Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês), que será divulgada nesta quinta-feira, 6.

Ante moedas emergentes e ligadas a commodities, o dólar se fortaleceu. No final da tarde em Nova York, a divisa americana subia a 72,5833 pesos argentinos, a 17,3958 rands sul-africanos e a 22,7585 pesos mexicanos.

De acordo com o jornal Ámbito Financiero, no entanto, o dólar blue caiu US$ 8 no pregão de hoje, a US$ 128, após a Argentina confirmar um acordo com credores privados para a renegociação da dívida externa.

Fonte: Read More

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email

Fale com um Consultor

Quer ter acesso a materiais gratuitos?

Cadastre-se em nossa Newsletter:

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Informe os dados abaixo para receber um diagnóstico sem compromisso direto em seu WhatsApp!

Ligamos pra você!

Informe seus dados de contato para receber a ligação de um dos nossos consultores nos próximos minutos.

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.