Conheça o WTM Finance! Solicite Fechamento de Câmbio de sua Empresa via WhatsApp

Índice dólar em mínimas de 22 meses com especialistas pessimistas com recuperação

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email

Por Yasin Ebrahim

Invesitng.com – O dólar atingiu mínimas de 22 meses na quinta-feira (23), com mais sinais de que a recuperação econômica nos EUA pode estar paralisada após um ressurgimento de casos de coronavírus em todo o país.

Os Índice Dólar, que mede a força da divisa norte-americana em comparação com uma cesta das seis principais moedas, caía 0,25%, para 94,69, às 15h41 (horário de Brasília).

Os EUA estão no caminho de uma forte recuperação no terceiro trimestre, mas os sinais de aumento dos pedidos iniciais de seguro-desemprego e queda nas vendas do varejo sugerem que a recuperação foi interrompida.

O Departamento do Trabalho dos EUA informou quinta-feira que 1,4 milhão de pessoas entraram com pedidos de seguro-desemprego na semana encerrada em 18 de julho, um aumento de 109.000 em relação à semana anterior e acima das estimativas de 1,3 milhão dos economistas.

Embora os passos mais fracos “não sejam uma grande preocupação”, uma vez que os dados de junho mostraram as vendas no varejo voltando aos níveis anteriores ao coronavírus, outros indicadores, incluindo produção industrial e emprego, destacam que a atividade econômica geral “permanece significativamente abaixo dos níveis anteriores à pandemia”, disse Paul Ashworth, economista-chefe da Capital Economics.

O cenário potencial de uma recuperação mais lenta do que o esperado diminuiu as esperanças dos investidores de uma recuperação econômica em forma de V.

A pesquisa Global Fund Manager Survey de julho do Bank of America (NYSE:BAC) mostrou que 30% dos gestores de fundos pesquisados ​​esperam uma recuperação em forma de W (recessão em mergulho duplo), acima dos 21% no mês passado.

Apenas 14% dos gestores de fundos esperam uma recuperação em forma de V, abaixo dos 18% registrados em junho, mostrou a pesquisa.

O dólar também foi puxado para baixo por um forte aumento do euro, que parece marcar a quinta vitória consecutiva semanal contra o dólar.

O par EUR/USD subia 0,31%, para US$ 1,1604.

Fonte: Read More

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email

Fale com um Consultor

Quer ter acesso a materiais gratuitos?

Cadastre-se em nossa Newsletter:

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Informe os dados abaixo para receber um diagnóstico sem compromisso direto em seu WhatsApp!

Ligamos pra você!

Informe seus dados de contato para receber a ligação de um dos nossos consultores nos próximos minutos.

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.