Conheça o WTM Finance! Solicite Fechamento de Câmbio de sua Empresa via WhatsApp

Libra salta antes de negociações do Brexit; BoE esfria medos de taxa negativa

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email

Por Yasin Ebrahim

Investing.com – A libra subiu para a máxima de uma semana na segunda-feira (28), com o Banco da Inglaterra recuando contra a perspectiva de taxas negativas, enquanto a expectativa de que o Reino Unido e a UE possam chegar a um acordo pós-Brexit também melhorou o sentimento.

O par GBP/USD subiu 0,90% para US$ 1,2849.

O vice-governador para mercados do Banco da Inglaterra e legislador do banco, Dave Ramsden, disse que embora o BoE esteja “obrigado” a revisar as taxas negativas como uma ferramenta política em potencial, não se espera que corte as taxas abaixo de zero “em breve”.

“Para mim, vejo o limite inferior efetivo ainda em 0,1, que é onde a Taxa do Banco está no momento”, disse Ramsden em uma entrevista à Sociedade de Economistas Profissionais da Grã-Bretanha publicada online.

A fala ajudou a acalmar o nervosismo dos investidores de que o BoE estaria a caminho de cortar as taxas abaixo de zero depois que a membro do comitê de política monetária do banco, Silvana Tenreyro, disse que havia evidências de que as taxas negativas se mostraram eficazes.

O sentimento sobre a libra também foi ajudado por esperanças provisórias de que a UE e o Reino Unido consigam resolver suas diferenças, já que ambos os lados estão prontos para uma rodada final de negociações comerciais em andamento antes da cúpula da UE em meados de outubro.

O Reino Unido continua a reiterar que é improvável que ceda em relação aos principais pontos de conflito, incluindo a política de pesca e o compromisso de “igualdade de condições” na competição.

O Reino Unido deixou claro que deseja recuperar o controle sobre o acesso a suas águas e peixes quando o período de transição do Brexit terminar, em vez de seguir a política comum de pesca da UE, que estabelece cotas de pesca para os Estados membros.

Embora a UE tenha sugerido que está disposta a se comprometer em algumas questões, o bloco econômico reiterou que não concordaria com nenhuma medida que ameace as quatro liberdades – bens, pessoas, capital, serviços – do mercado único.

As relações entre o Reino Unido e a UE também foram prejudicadas pela ação do primeiro-ministro britânico Boris Johnson para aprovar um projeto de lei do mercado interno que mina o acordo de retirada do Brexit.

Pode haver “indícios” de progresso antes da reunião do Conselho Europeu em 14-15 de outubro, mas pode ser que a lata seja chutada pela estrada novamente por mais duas semanas, como tradição no Brexit.
Fonte: br.investing.com

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email

Fale com um Consultor

Quer ter acesso a materiais gratuitos?

Cadastre-se em nossa Newsletter:

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Informe os dados abaixo para receber um diagnóstico sem compromisso direto em seu WhatsApp!

Ligamos pra você!

Informe seus dados de contato para receber a ligação de um dos nossos consultores nos próximos minutos.

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.