Conheça o WTM Finance! Solicite Fechamento de Câmbio de sua Empresa via WhatsApp

Ministro defende maior integração produtiva e menos barreiras no comércio do Mercosul

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email

Ministro defende maior integração produtiva e menos barreiras no comércio do Mercosul

22-12-2015 10:11

O ministro Armando Monteiro encerra hoje a participação na 49a. Cúpula do Mercosul. Durante os dois dias, ministros da área econômica e chanceleres dos países membros do bloco discutiram os desafios para o próximo ano. O Uruguai assumiu a presidência pro-tempore, sucedendo o Paraguai.
 
Para Monteiro, o bloco tem que priorizar mais integração e derrubar barreiras: “Temos que fazer todos os esforços para iniciar a troca de ofertas com a União Europeia e tivemos uma convergência importante nesse sentido durante os debates. Precisamos tornar o comércio na região mais fluido, mais dinâmico, derrubar as barreiras ainda existentes e ampliar nossa integração produtiva. A integração produtiva regional é essencial para inserir o bloco nas cadeias produtivas globais. Precisamos também finalizar acordos que já debatemos há um bom tempo, como o de compras públicas”.
 
Armando Monteiro encontrou-se também com os ministros Gustavo Leite (Indústria e Comercio do Paraguai), Alfonso Prat-Gay (Fazenda da Argentina) e Danilo Astori (Economia e Finanças do Uruguai). Com todos os ministros, houve grande concordância em torno das principais metas e ações para que o Mercosul se fortaleça do ponto de vista econômico e comercial, e amplie suas relações com outros blocos. 
 
Monteiro e Leite anunciaram que no primeiro trimestre de 2016 os dois países firmarão um acordo automotivo. O Paraguai é o único país do bloco com o qual o Brasil ainda não tem esse tipo de acordo. Segundo os ministros, o acordo obedecerá a “gradualidade e especificidades da economia paraguaia”. 
 
Fonte: https://www.mdic.gov.br/sitio/interna/noticia.php?area=1¬icia=14253
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email

Fale com um Consultor

Quer ter acesso a materiais gratuitos?

Cadastre-se em nossa Newsletter:

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Informe os dados abaixo para receber um diagnóstico sem compromisso direto em seu WhatsApp!

Ligamos pra você!

Informe seus dados de contato para receber a ligação de um dos nossos consultores nos próximos minutos.

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.