Conheça o WTM Finance! Solicite Fechamento de Câmbio de sua Empresa via WhatsApp

Moedas Globais: dólar sobe levemente ante rivais, à espera de Powell em evento

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email

O dólar subiu levemente na comparação com rivais nesta segunda-feira, 24, em um dia marcado pelo otimismo em relação às pesquisas para desenvolvimento de uma vacina contra o coronavírus. Investidores ficaram em compasso de espera para o simpósio de Jackson Hole, com discurso do presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Jerome Powell, na quinta-feira.

Perto do horário do fechamento das bolsas de Nova York, o dólar subia a 105,99 ienes, o euro caía a US$ 1,1788 e a libra esterlina recuava a US$ 1,3059, levando o Dollar Index (DXY), que mede a variação do dólar ante uma cesta de seis rivais fortes, a fechar com variação marginal positiva de 0,05%, a 93,298 pontos.

Pela manhã, a divisa americana operou em queda, na esteira de notícias sobre testes para prevenção da covid-19. O jornal inglês Financial Times noticiou nesta segunda que o governo americano estuda pular etapas regulatórias para liberar a vacina desenvolvida pela AstraZeneca antes da eleição presidencial de novembro. A farmacêutica, no entanto, negou tratativas com a Casa Branca e vê a especulação como “prematura”.

Em outra frente de estudos, a Novavax informou em comunicado hoje que iniciou a fase 2 dos testes clínicos de seu candidato a imunizador. O estudo será realizado em até 1.500 voluntários nos Estados Unidos e na Austrália. Cerca de 50% deles terão entre 60 e 84 anos. Resultados devem estar disponíveis no quarto trimestre deste ano.

Para o dólar, contudo, a analista da BK Asset Management, Kathy Lien, explica que o principal driver da semana será o discurso de Powell. “Ele não tem escolha a não ser se mostrar cauteloso porque, embora os novos casos de coronavírus nos EUA estejam se estabilizando, os americanos desempregados estão recebendo menos benefícios, o que significa que as vendas no varejo serão prejudicadas”, analisa.

Em relação ao euro, o Rabobank destaca que a moeda comum deve iniciar um processo de realização de lucros. “Os especuladores reduziram suas apostas no euro depois que ele atingiu o nível mais alto ante o dólar em dois anos”, avalia.

Fonte: Read More

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email

Fale com um Consultor

Quer ter acesso a materiais gratuitos?

Cadastre-se em nossa Newsletter:

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Informe os dados abaixo para receber um diagnóstico sem compromisso direto em seu WhatsApp!

Ligamos pra você!

Informe seus dados de contato para receber a ligação de um dos nossos consultores nos próximos minutos.

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.