Conheça o WTM Finance! Solicite Fechamento de Câmbio de sua Empresa via WhatsApp

Tendência é de valorização do dólar com vitória de Biden, diz BofA

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email

Investing.com – O dólar está caminhando para a quinta perda consecutiva semanal na sexta-feira, com avanço do coronavírus nos EUA continuando ameaçar o crescimento econômico, mas isso pode mudar se o candidato democrata à presidência democrata Joe Biden vencer em novembro, disse o BofA.

O dólar pode se enfraquecer inicialmente se Biden vencer a eleição presidencial dos EUA em novembro, mas com possibilidade de alta após medidas do ex-vice presidente para apoiar a economia.

Caso Trump seja reeleito, contra todas as apostas, o dólar provavelmente continuará em seu caminho atual de queda, disse o banco.

Embora as políticas propostas por Biden, particularmente em impostos e regulamentação, pareçam menos favoráveis ​​ao crescimento, sua agenda legislativa sobre o coronavírus e o comércio internacional é mais favorável, disseram analistas do BofA. “O pedido de Biden por uma maior coordenação federal nos testes/rastreios da Covid representa uma boa troca entre dano econômico e controle de vírus”.

A fraqueza contínua do dólar surge quando os investidores começam a duvidar se os poderes históricos de recuperação da economia dos EUA prevalecerão mais uma vez, em meio ao aumento de infecções que já mostra sinais de interferir na incipiente retomada econômica.

O mercado de trabalho, que ressaltou a recuperação da atividade, mostrou fraqueza recentemente, à medida que os pedidos iniciais seguro-desemprego, divulgado semanalmente, aumentaram pela primeira vez desde 28 de março na semana passada.

O dólar se prepara para uma semana movimentada de divulgações de dados econômicos, com o PIB do segundo trimestre – que deverá apresentar uma queda de 32% – bens duráveis, confiança do consumidor e números de empregos.

O dólar também foi atingido por uma alta no euro, responsável por cerca de metade da ponderação do índice dólar.

O par EUR/USD subiu 0,37%, para US $ 1,163, enquanto o índice dólar caía 0,27% a 94,390 às 16h33.

Fonte: Read More

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email

Fale com um Consultor

Quer ter acesso a materiais gratuitos?

Cadastre-se em nossa Newsletter:

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Informe os dados abaixo para receber um diagnóstico sem compromisso direto em seu WhatsApp!

Ligamos pra você!

Informe seus dados de contato para receber a ligação de um dos nossos consultores nos próximos minutos.

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.