Saiba como a WTM do Brasil pode ajudar sua empresa a Regularizar os Dados das suas Declarações na DIRF desse ano.

Por que pode haver mudanças no SISPROM?

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email

Conforme decreto publicado em 2019, o sistema SISPROM pode ser substituído em breve

As possíveis mudanças no SISPROM foram publicadas já em 201, pelo próprio Governo Federal, o que abre a possibilidade de imaginarmos que esse sistema será alterado ou/e substituído a qualquer momento!

Para interpretarmos, basta pensar que, na última publicação, foi adicionado: para atividades como “despesas com pesquisas de mercado, bem como aluguéis e arrendamentos de estandes e locais para exposições, feiras e conclaves semelhantes, no exterior, inclusive promoção e propaganda no âmbito desses eventos, para produtos e serviços brasileiros e para promoção de destinos turísticos brasileiros” e “contratação de serviços destinados à promoção do Brasil no exterior, por órgãos do Poder Executivo Federal” reduzir a zero a alíquota do imposto sobre a renda, será preciso registrar em sistema do Governo Federal.

Mudanças no SISPROM
Mudanças no SISPROM

Antes do novo inciso publicado, podemos notar o anterior, em que explica que essas atividades deveriam ser registradas no SISPROM, entretanto, foi desconsiderado para entrar o atual. Por esse motivo, entende-se que poderão haver mudanças no atual sistema. 

Caso, você não compreenda muito bem o que é o SISPROM e como ele funciona, leia esse post completo sobre o assunto.

E quais serão as possíveis mudanças no SISPROM?

Caso o sistema venha a mudar, há grandes chances de ser inserido em outro sistema do Governo Federal junto com o antigo SISCOSERV, extinto em 2020. Pois ainda não há nenhum sistema que o substitua quando o assunto é desconto no imposto sobre a renda. Ou seja, no momento, as empresas estão tendo que pagá-lo. 

Mas essa é uma ótima notícia, porque irá facilitar para todas as empresas que necessitam e têm direito a zerar o imposto, mas às vezes não sabem qual sistema deve ser utilizado ou como, já que também há o SISCOMEX para bens tangíveis, que existe há anos e debita automaticamente tudo via sistema. 

Para auxiliar nesses processos, a WTM do Brasil oferece apoio às empresas para utilizarem desses benefícios corretamente. Você pode entrar em contato através do nosso WhatsApp. 

 

Fale com um Consultor

[Curso] Como e por que declarar na DIRF e ECF as transações de serviços com o exterior?

Mais de 90% das empresas omitiram Serviços do Exterior na DIRF 2021 e vão repetir o erro na ECF. Na maioria dos casos essas operações foram omitidas por problemas de comunicação entre quem contrata e quem paga esses serviços, pois a informação e os documentos não chegam com qualidade para a área contábil…

E enquanto a reforma tributária não vem?

Até lá, a melhor solução é usar os meios de pagamento do WTM Bank!

Um banco digital que foi criado pensando no comércio internacional e no Compliance das operações.

Como Resolver?

É muito simples, você usa o cartão de crédito pré-pago do WTM Bank para suas compras internacionais de tecnologia e nós cuidamos de todo o resto: identificar as transações internacionais, os fornecedores, calcular e pagar os tributos e entregar tudo pronto para a sua contabilidade validar e transmitir para declarações como DIRF e ECF.

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email

Fale com um Consultor

Quer ter acesso a materiais gratuitos?

Cadastre-se em nossa Newsletter:

Ligamos pra você!

Informe seus dados de contato para receber a ligação de um dos nossos consultores nos próximos minutos.

  • Hidden
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Informe os dados abaixo para receber um diagnóstico sem compromisso direto em seu WhatsApp!